Acusado de comer o próprio namorado, ator pornô canibal vai se casar com outro assassino

Depois de assassinar o namorado há cinco anos, o ator pornô canibal Luka Magnotta acaba de virar assunto mais uma vez. Desta vez, porque encontrou um novo parceiro e vai se casar na próxima segunda-feira (26/06).

Para quem não lembra, vamos refrescar a sua memória. Em 2012, Magnotta assassinou o namorado Jun Lin, gravou um vídeo comendo o corpo do parceiro e ainda enviou, pelo correio, as mãos e pés de Lin para escolas canadenses e para sedes de partidos políticos. O jovem canibal acabou sendo condenado à prisão perpétua.

Cadastrado em um site de namoros para detentos, em junho de 2015 ele começou a procurar por um “príncipe encantado”. Segundo o New York Post , o par perfeito para o ator seria um “homem solteiro, branco, com idade entre 28 e 38 anos e em boa forma física”. O anúncio não durou muito. No mês de julho, ele tirou o cadastro do site porque teria encontrado quem procurava.

No caso, o “príncipe” seria Anthony Jolin, um assassino que também cumpre pena de prisão perpétua no Canadá. Depois de quase dois anos de namoro, eles decidiram dar o próximo passo. O casamento está marcado para a próxima segunda e deve acontecer na Penitenciária de Port-Carier, em Quebec.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!