Atriz critica declaração de Ben Affleck sobre beijo gay: “Cresça, Ben”

O comentário é antigo e já tem 20 anos, mas a atriz Evan Rachel Wood, indicada ao Emmy por “WestWorld”, ficou furiosa com Ben Affleck depois do diretor Kevin Smith recordar da fala em um evento.

Em 1997, Ben Affleck teria dito ao diretor que se considerava um ator sério depois de beijar um outro ator nas filmagens de “Procura-se Amy”. Na ocasião, o ator explicou ao cineasta que “um homem beijar um outro homem é o maior desafio que um ator pode enfrentar”. Segundo Smith, que trouxe a história de volta à tona em um evento de de cinema LGBT em Los Angeles, Affleck teria dito logo após a cena de beijo entre ele e Jason Lee ser finalizada: “Agora sim, sou um ator sério”. O diretor também contou que tanto Affleck quanto Lee se sentiram desconfortáveis com a cena.

O próprio ator teria falado sobre o desconforto para a Attitude Magazine no começo de 2017. “Eu não sou homofóbico … acho que eu sou, mais do que pensei, com isso, você sabe, foi difícil para mim e não pensei que seria”, revelou à publicação sobre a cena do beijo. Por mais que o comentário tenha 20 anos, a atriz Evan Rachel Wood, que é assumidamente bissexual, repreendeu Ben Affleck em seu perfil no Twitter.

“Tente ser estuprado em cena. E além disso, cresça, Ben”, disparou a atriz. Em seguida, ela continuou: “Você também acha que nós garotas também gostamos de beijar todos os caras que nós beijamos? Só porque é um “beijo hétero” não significa que nós gostamos. Un-hum”.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!