Casos de violência contra LGBTs no Rio serão registrados como “homofobia” e “transfobia”

A partir de agora, todos os casos de violência motivada por discriminação contra LGBTs no Rio serão registrados, nos boletins de ocorrência, com termos como “homofobia”, “transfobia” ou “lesbofobia” no campo de “motivo presumido”. É o que garante a coluna do Ancelmo Gois, do jornal O Globo.

A decisão, segundo o jornalista, é para que os casos fiquem mais claros nas estatísticas, e não “escondidos” entre outros tipos de crimes. A mudança foi publicada ontem em portaria pelo Chefe da Polícia Civil do Rio, delegado Carlos Augusto Leba.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!