Ministro do STJ pede “privilégios” porque “heterossexuais estão virando minoria”

O corregedor nacional de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, disse, durante um evento sobre ativismo judicial que quer os privilégios de heterossexual de volta, pois a categoria está virando “minoria” diante de tantos direitos dos homossexuais.

“Hoje o nosso juiz constitucional não pode ser pautado pelas minorias só. Aliás eu já vi que quero meus privilégios porque o heterossexual agora está virando minoria. Não tem mais direito nenhum. Estamos criando isso”, disse, em tom de brincadeira, o ministro em evento promovido pelo tribunal para discutir o ativismo judicial.

A declaração de Noronha foi alvo de críticas de defensores dos direitos LGBT. “Os homossexuais nunca reivindicaram privilégios. Eles reivindicaram direitos básicos de igualdade que são garantidos em vários tratados internacionais, mesmo na Constituição, que consagra o princípio da igualdade”, afirmou Renan Quinalha, professor de direito na Unifesp, em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!