Treinador sexual cobra R$ 3 mil para assistir e melhorar seu desempenho na cama

Dentre todas as profissões relacionadas ao sexo, uma é recente: o treinador sexual. A função deste coach é analisar as relações sexuais dos casais e dar a sua opinião sobre o que pode ser melhorado e mudado.

O profissional cobra US$ 1 mil (cerca de R$ 3 mil) para observar e aconselhar, segundo o site JC. Kenneth Play conta que começou a trabalhar como coach sexual há dois anos e já conta com mais de 50 casais em sua carteira de clientes. O serviço funciona da seguinte forma: o treinador vai à casa dos amantes para observar o desempenho com o parceiro, que é divido em duas partes.

Na primeira parte ele interfere e indica o que pode ser melhorado; na segunda ele apenas assiste e não interfere. Após a relação sexual, Kenneth conta os pontos positivos e negativos observados e indica o que deve ser melhorado para que os envolvidos tenham mais prazer. Segundo o especialista, o maior problema com o qual ele se depara é a falta de comunicação, o que dificulta a realização de fantasias e novas posições.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!