Corpo de transexual é encontrado na Ilha do Governador com sinais de mutilação

A transfobia fez mais uma vítima no Rio de Janeiro! Foi encontrado na manhã do último sábado (17/03), boiando e amarrado com cordas na Praia do Barão, perto da estação de barcas do Cocotá, na llha do Governador, o corpo de uma mulher transexual.

Ainda sem identificação, o corpo apresentava sinais de mutilação, como a retirada dos seios. O rosto da vítima também apresentava sinais de violência e havia marcas de tiros. O crime está sob investigação da Delegacia de Homicídios, que procura descobrir a identidade da jovem.

“Os agentes procuram possíveis testemunhas e imagens de câmeras de segurança instaladas na região que possam ajudar a identificar a autoria do crime”, afirmou, em nota.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!