Grupo faz apitaço para reivindicar falta de medicamentos para transexuais

Cerca de 30 pessoas fizeram um apitaço na manhã desta terça-feira (20/03) em frente à Secretaria de Saúde de São José do Rio Preto (SP) para reivindicar a falta de medicamentos para transexuais que realizam tratamento hormonal de transição.

Com máscaras e cartazes, o grupo pedia pelo menos três tipos de remédios. Dois deles não são fornecidos gratuitamente pela rede pública de saúde. Um terceiro é disponibilizado, mas há seis meses está em falta no ambulatório municipal.

Em nota, a Secretaria de Saúde informou que um dos medicamentos foi solicitado há um ano e que está em fase de credenciamento. Afirmou que foi realizada uma reunião entre o secretário de Saúde Aldenis Borim e que foi acordado que o município e um membro do grupo vai acomapnhar o processo de solicitação dos medicamentos. Disse também que fará estudo financeiro e de legalidade para o fornecimento de testosterona pelo município até que ocorra a habilitação do ambulatório.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!