Caitlyn Jenner revela ter cogitado suicídio durante transição: “Eu tinha uma arma”

Caitlyn Jenner passou por momentos sombrios quando abriu o jogo publicamente revelando ser uma mulher transexual. Durante entrevista ao Channel 4 News, a estrela, de 69 anos, revelou ter se sentido perseguida pela imprensa sobre sua identidade de gênero e, quando um dos veículos ameaçou publicar uma de suas fotos mostrando a transição, ela pensou em suicídio.

“Eu tinha acabado de fazer o procedimento médico no maxilar no domingo de manhã. Achei que ninguém estava por lá. Então à noite recebi um telefonema do ‘TMZ’ ameaçando publicar a imagem”, disse ela, acrescentando, ainda, que debateu com o jornalista que a ligou. “Harvey, não fale sobre isso. Não é da sua conta e, por favor, quando você faz coisas assim isso afeta a vida das pessoas”.

O acontecimento desencadeou o pensamento suicida, no mesmo dia. “Eu não conseguia dormir. Ficava andando de um lado pro outro dentro de casa, enquanto pensava: ‘Eu tenho uma arma na outra sala. Eu poderia entrar, usar, sem mais dor, seguir em frente’”. Cailtyn relembra ter acordado no dia seguinte e pensado como aquele pensamento teria sido “a coisa mais idiota” que ela poderia fazer: “Parecia o caminho mais fácil”.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!