Jovem gay é vítima de violência homofóbica em movimentada rua da Itália

Um jovem gay italiano, de 19 anos, identificado apenas como Alberto, foi vítima de violência homofóbica em uma rua movimentada de Turim, no último sábado (21/07). Segundo informações publicadas pelo jornal La República, o jovem era agredido enquanto pessoas ao redor assistiam e riam da situação.

Ainda de acordo com a publicação, Alberto caminhava com uma amiga por uma parte movimentada na cena noturna de Turim, indo ao encontro de outros amigos, quando o ataque aconteceu. Próximo a uma estação de metrô, um rapaz de cerca de 20 anos disse que ele “se exibia como um viado”. Ao questionar qual era o problema, o rapaz respondeu: “Mesmo se você for gay, você ainda é um homem e eu posso bater em você até a morte”.

Mesmo após o insulto, o adolescente disse ter apenas sorrido e seguiu andando, mas logo sentiu um soco na nuca. Ele caiu no chão e o agressor continuou batendo em Alberto. A vítima diz não se lembrar muito do ocorrido. Ele recorda de ouvir a amiga que estava junto com ele, chorando desesperada e as pessoas ao redor continuaram a beber e rir da situação.

Apenas dois homens se ofereceram para ajudar e os levaram até um hospital. Ele quebrou a clavícula e o pé direito. Por causa disso, Alberto não conseguirá viajar e passar as férias de verão (no Hemisfério Norte, agora é verão) junto a seus amigos.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!