Presídio no Rio Grande do Sul ganha cela exclusiva para presos LGBTQ+

A Penitenciária Estadual de Rio Grande (Perg), no município do Sul do Rio Grande do Sul, é a segunda penitenciária gaúcha a contar com uma cela exclusiva para presos LGBTs. O espaço, com capacidade para até seis pessoas, foi inaugurado nesta quarta-feira (26/06), segundo informou a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe).

Segundo o G1, a medida foi viabilizada por uma parceria entre a administração da Perg e a Comissão Especial da Diversidade Sexual e Gênero da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A cela atende a uma resolução da ordem, que dispõe sobre a instalação de um espaço para o público LGBTQ+. “A triagem para entrada neste espaço será feita por psicóloga da Perg”, afirma o administrador da penitenciária, Leandro Brinkerhoff Suanes.

Em março 2012, a Cadeia Pública de Porto Alegre, à época ainda chamada de Presídio Central, recebeu a primeira ala dedicada ao público LGBTI no estado. O espaço tem capacidade para abrigar 44 pessoas, e a medida integrava a Política de Atenção à Diversidade Sexual da Susepe.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!