Homem de 57 anos é deserdado pelo pai de 90 anos após assumir homossexualidade

Foto: Jake McPherson/Facebook

Jake McPherson ainda lembra da hora e data em que seu pai de 90 anos o deserdou no início deste ano, após Jake assumir sua homossexualidade. Era 4 de janeiro, às 9h56, quando ele recebeu um telefonema do pai dizendo para nunca mais entrar em contato. A história foi contada na revista Out.

“É sobre essa homossexualidade. Eu e sua mãe não podemos perdoar isso”, disse o pai pelo telefone. “Você não deve entrar em contato conosco nunca mais”, continuou. Jake escreveu sobre sua experiência tumultuada em um artigo para o HuffPost. Segundo ele, desde sua infância, sempre soube que conviveria com uma família homofóbica. Jake relembrou de uma ocasião que a família assistia a uma entrevista com a cantora Anita Bryant, que afirmou, nos anos 70, que deserdaria um filho homossexual. Seu prontamente teria concordado com a afirmação de Bryant.

Por conta disso, Jake decidiu viver parte da sua vida dentro do armário. No processo de esconder até de si mesmo a sua sexualidade, ele se casou, teve filhos e acabou desenvolvendo problemas com bebidas alcoólicas. Foi então que, aos 35 anos, em 1998, Jake tomou coragem para ser sincero consigo mesmo e com sua família. Ele contou que era gay para a esposa, de quem recebeu total apoio. Eles continuaram a ter uma relação amigável. Em seguida, revelou a verdade para a mãe, que também foi bastante receptiva, assim como a maior parte dos amigos e da família. No entanto, sabendo o pai que tem, ele preferiu esconder do progenitor.

Infelizmente, ou felizmente, o pai de Jake acabou descobrindo sobre a sexualidade do filho através das redes sociais. Desde então, Jake não consegue nem mesmo conversar com a mãe, que está sofrendo de demência. O último contato foi um cartão enviado por ela no aniversário de do filho que dizia simplesmente: “Eu te amo”. Como o contato com a mãe é controlado pelo pai, Jake não tem como vê-la em seus dias finais. “Eu vou guardar esse lindo cartão como uma lembrança de que em algum lugar dentro dela, tem uma amor guardado por mim”, afirmou.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!