Pastora larga vida religiosa, se assume bissexual e vira stripper no Onlyfans

Criada em uma família bastante rígida e conservadora, a ex-pastora norte-americana, Nikole Mitchell, de 36 anos, soube desde muito cedo que o seu futuro não estava dentro de uma igreja. Casada e mãe de três filhos, Nikole percebeu que a vida de pastora não a preenchia e decidiu mudar radicalmente. Solteira, hoje ela trabalha como stripper e afirma que nunca se sentiu tão feliz.

Desde muito jovem, eu fantasiava ser uma stripper, mas fui doutrinada a acreditar que meus desejos e meu corpo eram pecaminosos e maus por natureza”, contou Nikole em entrevista ao New York Post. “Aprendi que as mulheres não poderiam liderar e que elas deveriam estar na cozinha e com as crianças“, disse ela sobre a educação religiosa que recebeu. “Portanto, embora isso fosse contra tudo o que me disseram, decidi me tornar pastora por causa do meu amor por me apresentar em público“.

Foi então que, em 2016, depois de assistir a uma peça de teatro voltada ao público LGBTQ+, Nikole passou a questionar sua sexualidade. “Eu fiquei tipo ‘oh meu Deus, eu não acho que sou hétero’ e isso abalou meu mundo”, disse. “Senti como se vivesse uma vida dupla“, comentou ela, que meses depois deixou a igreja e divulgou em suas redes sociais um vídeo assumindo sua bissexualidade.

Decidida a explorar cada vez mais seus desejos sexuais, a ex-pastora decidiu vender fotos eróticas no OnlyFans. “Cada pessoa tem o direito de se expressar da maneira que for melhor para ela e isso foi bom para mim“, conta Nikole. “Minha sexualidade é incrivelmente curativa e sagrada. E quando eu dou este presente às pessoas, isso as abençoa“, completa.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!