Bélgica nomeia primeira mulher trans a cargo de vice-premier, um dos mais importantes em toda a Europa

A Bélgica nomeou para vice-primeira-ministra Petra de Sutter, de 57 anos. Esta nomeação é um marco histórico, já que é a primeira pessoa transexual com o cargo político de maior relevância em toda a Europa. De Suttter é médica e professora de ginecologia, além de ser defensora dos direitos da comunidade LGBTQ+.

Estou incrivelmente grata pela confiança que recebi do meu partido. Agora posso fazer o que for preciso para relançar nosso  país e trabalhar para um futuro para todos os belgas”, comemorou ela por meio das redes sociais. De Sutter, integrante do Partido Verde no Parlamento Europeu, será uma das sete pessoas a ocuparem cargos de vice-premier no governo de coalizão liderado por Alexander De Croo. A nova gestão assume após um impasse de 16 meses, resultado de uma eleição inconclusiva.

Estamos muito felizes que uma integrante da comunidade trans foi nomeada para este cargo político de nível sênior”, disse à Fundação Thomson Reuters Matt Beard, diretor executivo do grupo All Out, defensor dos direitos da comunidade LGBTQ+. “A nomeação de Petra é um chamado e uma inspiração para que governos pelo mundo aumentem a representatividade trans em seus quadros seniores“, completou.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!