Efeito fake news?! Smart Fit perde quase 200 mil alunos em três meses

A Smart Fit têm registrado queda no seu número de clientes. Segundo documento enviado aos acionistas da empresa no dia 7 de outubro e obtido pela revista Exame, a rede perdeu 191 mil alunos desde o dia 7 de julho.

Dos 2.695.000 alunos registrados em julho, a companhia passou para o número de 2.497.000 em outubro. Os números englobam unidades próprias e franqueadas das três marcas do grupo, que incluem a Smart Fit, Bio Ritmo e O2. No entanto, as academias da marca Smart Fit foram as que mais registraram queda. Eram 2.637.000 alunos até o dia 30 de junho e, agora, são 2.446.000, desde o último registro apresentado, que considera os clientes até o dia 30 de setembro.

O grupo afirma que nenhuma Smart Fit no país fechou as portas em definitivo durante a quarentena e que a maioria já voltou ao funcionamento. Atualmente, são 830 filiais, sendo que 332 ficam no Brasil. Em julho, a marca Smart Fit somava 815 unidades e o grupo, 852, o número subiu para 865.

Acredita-se que a queda no número de clientes tenha acontecido por conta da pandemia de Covid-19, mas também, é claro, devido à notícia de que Edgar Corona, dono da rede de academias, era um dos financiadores do esquema de fake news divulgadas por Jair Bolsonaro (sem partido).

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!