Finlândia discute punir com seis meses de prisão quem enviar nudes sem solicitação

O Ministério da Justiça da Finlândia está discutindo a possibilidade de transformar o envio de “nudes” sem consentimento em crime passível de prisão por até seis meses.

Segundo o Yahoo, a proposta do governo local é modificar a definição de assédio sexual, adicionando a possibilidade de inclusão de atos como o envio de fotos ou mensagens, além de se expor a outra pessoa indevidamente. Atualmente, a lei sobre assédio no país só pune se houver toque físico.

Um levantamento comandado pela Plan International, entidade voltada aos direitos das crianças e igualdade das meninas, coletou relatos de 14 mil mulheres em 31 países, com idades entre 15 e 25 anos, observou que 58% das entrevistadas já foram assediadas em redes sociais.

A lei mais próxima que há no Brasil é a 13.772/2018, conhecida como Lei Rose Leonel, que garante pena para pessoas que vazam fotos íntimas de outras pessoas, processo conhecido com pornô de vingança.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!