Vereador que chamou Parada LGBTQ+ de “festa de depravados” é preso por estuprar adolescente de 15 anos

Um vereador de Curuçá, no nordeste do Pará, foi preso suspeito de estuprar uma adolescente de 15 anos. Daniel Rabelo Silva, de 39 anos, do MDB, foi detido em um posto da Polícia Rodoviária Federal na última sexta-feira (23/10).

Segundo informações do G1, durante as investigações do caso foram levantadas provas materiais, com vídeos e áudios, depoimentos de testemunhas e indícios que comprovavam a autoria do crime. Mais conhecido como Daniel do Abade, o vereador foi preso e conduzido para o sistema penal do estado, e deve responder pelo crime de estupro qualificado de menor.

Curiosamente, no final de 2019, Daniel se envolveu em um episódio de homofobia após atacar a realização da 2ª edição da Parada LGBTQ+ de Curuçá. Na ocasião, o vereador chamou o evento de o “fim do mundo” e que a “imoralidade deveria ficar entre quatro paredes”. Felizmente, a publicação foi apagada minutos depois por conta das denúncias de internautas. “É direito meu também”, reclamou ele na época.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!