Apoiado pela família Bolsonaro, Diego Hypolito não consegue votos e perde eleição para vereador de São Paulo

Não foi desta vez que Diego Hypolito conseguiu ser eleito vereador de São Paulo. Apoiado pela família Bolsonaro, o ex-ginasta não obteve votos suficientes para se eleger ao cargo, conseguindo apenas 3.783 votos.

Ser forte sempre foi a única opção. Triste, mas sempre com fé. Lutar pelo esporte sempre estará em minhas ações e atitudes”, lamentou Diego, que se candidatou pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSB) e ficou como suplente. Sendo assim, o ex-ginasta poderá assumir como vereador por pequenos períodos, em virtude do titular encontrar-se afastado por licença médica, missão cultural ou necessidade particular, e também, definitivamente, no caso de falecimento do parlamentar em exercício, ou decorrente de processo de cassação ou renúncia.

Assumidamente gay, Diego Hypólito causou revolta na comunidade LGBTQ+ após surgir em fotos com Jair Bolsonaro (sem partido). “Não sou de esquerda nem de direita. Sou deu Deus. Sou cheio de erros e defeitos e estou muito preocupado com o esporte no Brasil. Em mina vida, serei muito julgado, eu sei, mas devemos viver e tentar ajudar mais pessoas”, disse.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!