Gordo, gay e pai solteiro desabafa: “Já confessaram ter vergonha de tirar foto comigo”

Como é ser gay, pai solteiro e gordo na nossa sociedade preconceituosa?! Conversamos com Robarros, carioca de 39 anos que relata já ter sofrido situações de discriminação por parte de colegas e em festas. Apesar disso, ele é super empoderado e feliz com seu corpo: “Quem pega gordinho não esquece”!

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!