Trans que aplicou silicone no rosto desiste de cirurgia de remoção: “O que está me afetando são as pessoas”

A transexual Juju Oliveira, que em agosto veio a público revelar ser vítima de bullying por conta de sua aparência, usou as redes sociais nesta semana para avisar que não irá fazer uma operação para retirar o acúmulo de silicone industrial em seu rosto. Em agosto do ano passado, Juju abriu uma Vakinha online para arrecadar dinheiro para o procedimento, mas só conseguiu 20% do total.

No início, não pensei em retirar o silicone do rosto, só fiz aquele vídeo (sobre o bullying que sofreu por conta de sua aparência) para que as pessoas me respeitem e não me chamem mais de ‘Fofão’. O silicone não está me afetando. O que está me afetando são as pessoas mexerem comigo, a falta de respeito das pessoas”, relatou Juju através de um vídeo publicado no Instagram. “Fico triste quando as pessoas me atacam nas ruas. Não tirei o silicone do rosto porque, na real, eu não queria tirar. Eu só queria o respeito e que as pessoas não mexerem comigo na rua“, continuou.

Juju também afirma que não usou o dinheiro doado na vaquinha para comprar a moto que anda circulando por Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, onde mora. “Jamais usei dinheiro da vaquinha para comprar uma moto, que era um sonho grande meu. Juntei um dinheiro que me deram no Instagram e comprei a moto à vista“, disse. “O dinheiro da vaquinha está guardado. Jamais compraria a minha moto com esse dinheiro“. Segundo ela, o valor necessário para o procedimento é de R$ 45 mil, no entanto, ela só conseguiu arrecadar R$ 8,8 mil.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!