Paulo Gustavo tem piora no quadro de Covid-19 e pai pede por orações de todas as religiões: “Duríssima batalha”

Paulo Gustavo, internado com Covid-19 desde 13 de março, teve que passar a fazer um novo tratamento, chamado de ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), informou um comunicado enviado por sua assessoria de imprensa na noite desta sexta (02/04).

Após apresentar sinais de melhora na última semana, o ator teve um agravamento no quadro clínico, sendo necessário dar início ao novo tratamento. “Optamos pelo início da terapia coadjuvante com ECMO, com o objetivo de permitir uma melhor recuperação da função pulmonar. Após o agravamento ocorrido, a situação permanece estável nas últimas horas”, informou a equipe que cuida de Paulo Gustavo.

A ECMO funciona como pulmões e coração artificiais em pacientes que estão com os órgãos comprometidos e tem sido utilizado em casos graves de pacientes com covid-19. Enquanto os respiradores auxiliam em fornecer mais oxigênio para os pacientes, a ECMO serve como um segundo pulmão, para que a pessoa tenha maiores condições clínicas para a recuperação.

Júlio Marcos, pai de Paulo Gustavo, se manifestou em seu Instagram para falar a respeito do estado de saúde do filho. “Nesse momento em que todo o planeta está tão triste, precisamos alavancar e elevar nossa fé! Em especial, nosso amigo Paulo Gustavo está enfrentando uma árdua e dolorosa luta”, disse em post onde aparece em foto ao lado do filho.

Ele continuou: “Por isso, neste domingo de Páscoa, abençoado, vamos unir nossa fé, com muita força e energia, às 18 horas, um horário muito forte em um dia muito especial! Cada um com sua fé, religião, crença, mas, principalmente, muita energia”.

“Nosso amigo receberá nesse momento, com todos nós juntos em oração, uma chuva de bençãos e os anjos o ajudarão a recuperar-se e vencer essa duríssima batalha! E, com a força de Deus e de todos os anjos, estará recuperado em pouquíssimo tempo”, finalizou.

Confira o post do pai de Paulo Gustavo

VEJA + NO PHEENO TV

Thiago Araujo é editor-chefe e criador do Pheeno! Referência no cenário pop LGBTQIA+ nacional, o carioca de 30 anos é jornalista e empresário do ramo do entretenimento, além de agitar as pistas como DJ mundo afora!