Primeira mulher trans da Superliga Feminina do Vôlei, Tifanny Abreu estrela campanha da Adidas; assista

Primeira mulher trans a atuar na Superliga Feminina do Vôlei, a atleta Tifanny Abreu acaba de estrelar uma nova campanha da Adidas. Na peça publicitária, a empresa exalta a trajetória da esportista e fala que Tifanny viu as possibilidades no infinito“.

Nada é impossível para Tifanny Abreu. Mulher trans. Atleta profissional. Tifanny viu as possibilidades no impossível. E você, que possibilidades vê?“, diz a mensagem da Adidas na propagando que acompanha vídeo da campanha. Após a divulgação da produção, alguns internautas promoveram uma tentativa boicote a marca afirmando que a jogadora teria vantagens sobre as outras atletas por ter nascido no sexo masculino. Entre os que promovem o boicote está o vereador de Niterói (RJ) Douglas Gomes, eleito em 2018 pelo Partido Trabalhista Cristão.

É importante ressaltar que o Comitê Olímpico Internacional (COI), a Federação Internacional de Voleibol (FIVB) e a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) permitem que mulher trans disputem nas categorias femininas. Para isso, as atletas precisam manter os níveis de testosterona abaixo 10 nanomol por litro de sangue. Segundo informações do Lance, a atleta do Sesi Vôlei Bauru mantém 0,2 nanomol por litro de sangue. Arrasou na campanha, Tifanny!

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!