Streamers Pedro “Buxexa” e Racha são banidos do Free Fire e desligados de time após ato transfóbico; entenda

Pedro “Buxexa”, streamer de Free Fire com cerca de 1,9 milhão de inscritos, foi demitido do time Fluxo na tarde deste domingo (20/06) por conta de um comentário transfóbico realizado pelo influenciador durante uma de suas transmissões, no último sábado (19/06). O comentário envolvia a influenciadora Marcella Pantaleão, que denunciou o ocorrido nas redes sociais.

Na ocasião, Buxexa debochou de Bruno “Nobru” Goes por ele ter curtido e comentado uma foto de Marcella no Instagram. “O Nobru comentou a foto da ruiva lá, botando coraçãozinho no olho, quando fui ver era uma ruiva de três pernas. Ave Maria“, disse Pedro “Buxexa”. “Eu vi (risos). Minha mulher me mostrou e disse ‘Nobru comentou nesta foto aqui, mas essa mulher é um homem, ele não sabe não?'”, completou Racha, outro influenciador de Free Fire que também participada da live. Apesar de não ter sido nomeada, Marcella denunciou as falas em seu Instagram e lamentou o que foi dito pelo streamer.

Mais tarde, Buxexa usou as redes sociais para pedir desculpas a influenciadora. No texto, ele diz que se tratava de uma “brincadeira sem intenção de ser transfóbico” e que apenas tenta levar alegria para suas lives. Por conta de toda polêmica, em comunicado, o Fluxo, o qual Buxexa era integrante, disse não compactuar com tais atitudes e que estava desligando o jogador do seu time oficial.

A Garena, desenvolvedora do Free Fire, também se pronunciou contra as atitudes de Buxexa e Racha e anunciou que excluiu a conta dos dois e que eles não fazem mais parte dos streamers da BOOYAH! e do programa de influenciadores da plataforma. “A Garena não tolera atos de racismo, preconceito, assédio e manifestações de ódio, e espera que streamers, espectadores e jogadores mantenham um bom comportamento dentro e fora dos jogos e transmissões“, afirmam em comunicado.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!