Atriz desabafa sobre a solidão trans: “Você gay, lésbica, bi, dá afeto pra essas pessoas”

Conversamos com a atriz e poetisa Biancka Fernandes no estúdio do Pheeno! Natural do Rio Grande do Norte, ela desabafa sobre as violências que pessoas trans vivem: “Mais de 90% dessa população está inserida na rua”.

Biancka conta que, apesar de seus privilégios enquanto mulher branca e com emprego formal na Fiocruz como educadora comunitária, ela acorda se sentindo desestimulada pela falta de expectativa de vida. Ela reflete, ainda, sobre a solidão que as pessoas trans vivem: “Tenho amigas trans que se relacionam com mulheres porque estão cansadas de homens”.

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!