Árbitro inglês revela que é gay: “As pessoas sabem e apenas aceitam”

Árbitro inglês da Premier League, James Adcock, de 37 anos, aproveitou a chegada do “Coming out day” na Inglaterra, data nacional que incentiva pessoas a falarem sobre sua sexualidade, para revelar que é gay. Em entrevista ao podcast “LGBT Sport”, da emissora BBCAdcock falou sobre ser homossexual dentro da sua profissão.

Segundo o árbitro, ele só revelou sua sexualidade aos colegas aos 27 anos. “Agora todos os meus colegas sabem, é apenas a norma. Para ser honesto, houve até aqueles que se interessaram, me dizendo ‘estou orgulhoso de você ser capaz de ser abertamente gay no esporte’. Eles sabem as barreiras que ainda existem. Dão muito apoio e não mudaram o jeito que agem comigo depois que descobriram que sou gay. Eu não preciso vestir uma camisa dizendo ‘sou James Adcock e sou gay’. As pessoas sabem e apenas aceitam”, revelou.

Agora, Adcock quer ajudar colegas a falarem abertamente sobre a sua sexualidade. Ele ressalta que essa é uma escolha pessoal, mas que aqueles que se assumirem receberão total apoio. “Você não será julgado por sua sexualidade. Se você tiver confiança o suficiente, terá apoio de todos os colegas, e isso não vai te afetar”, afirma o árbitro, que espera não ser julgado ou tratado de maneira diferente. “Não estou apitando porque sou gay, estou apitando porque comando uma partida de futebol. Apenas me trate como um ser humano”, ressaltou.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!