Erasmo Viana sugere atirar em gays que transam em parque de SP; modelo será denunciado por homofobia

Erasmo Viana causou revolta nas redes sociais após dizer que já cogitou atirar em casais gays com arma de paintball no Parque Ibirapuera, em São Paulo. O papo começou durante conversa com o peão Gui Araújo, que contava sobre o Ibirapuera ficar aberto até tarde da noite em dezembro devido às decorações natalinas. Foi aí que Erasmo reclamou da praça se tornar um “motel a céu aberto“.

Velho, a noite é um motel a céu aberto o Ibirapuera. Os gays, cara, eles vão… E outra, quem treina lá, como eu corro todo dia de manhã lá, às vezes, vê os papeis higiênicos melados de b*sta no chão, camisinha pra car*lho. Quando você corre dentro do mato, de noite, os caras vão transar lá. Daí quem encosta nas árvores pega toda a rebarba”, comentou o modelo, afirmando que, inclusive, chegou a procurar o ex-prefeito de São Paulo, Bruno Covas, falecido em maio deste ano, para tentar resolvei a situação. Foi então que deu a polêmica “solução“. “Um dia eu falei ‘Velho, vou pegar uma arma de paintball’ com os caras […] Vou pegar a arma de paintball um dia a noite e sair dando neles”, confessou o participante.

A fala repercutiu negativamente nas redes sociais e motivou o ativista Agripino Magalhães a fazer uma queixa-crime contra o participante do reality rural. Em comunicado enviado à coluna Léo Dias, Agripino, que também é suplente de deputado estadual em São Paulo, comunicou que pretende interpelar o influencer. “Por meio de uma denúncia crime contra o mesmo (Erasmo) por ofender e incitar ódio contra a População LGBTI+. Qualquer pessoa que se sinta incomodada com a orientação sexual do outro deve responder na justiça”, afirma. “Não basta simplesmente nos indignarmos com casos de LGBQTIfobia. Temos que reagir! Criaturas LGBTQIfobicas têm que responder e serem penalizadas com rigor pela lei“, escreveu Agripino, em suas redes sociais.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!