Thiago Chagas sobre ser artista LGBT+: “Existe um ‘antes e depois’ de Paulo Gustavo e Pabllo Vittar”

Conversamos com Thiago Chagas no estúdio do Pheeno! O ator e comediante relembra que sempre foi “criança viada”, mas somente no teatro se sentiu acolhido, pois lá não havia preconceito: “No teatro, ser diferente é valorizado”.

Thiago conta como foi a evolução de sua carreira até o stand-up comedy, que na época não tinha muito gays nem mulheres, explica a criação de seus personagens, como “Dona Fernandona” e o “gay gospel” e afirma: “existe um ‘antes e depois’ de Paulo Gustavo e Pabllo Vittar”.

Confira

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!