Organizações que lutam contra o HIV afirmam que DaBaby os enganou e não doou nenhum dinheiro

Depois de enfrentar reações adversas por causa dos comentários homofóbicos e sorofóbicos feitos durante sua apresentação na Rolling Loud Miami, DaBaby se reuniu com uma série de organizações de HIV/AIDS para limpar sua imagem e assegurar ao público que ele estava disposto a melhorar. Agora, porém, várias dessas organizações estão dizendo que o rapper não os contatou desde a reunião de agosto, nem doou dinheiro para suas causas.

De acordo com um relatório do The Daily Beast, três organizações – Black AIDS Institute, The Normal Anomaly Initiative e Positive Women’s Network (PWN) – disseram que não houve nenhuma atualização após sua reunião com o artista. “Não recebemos nenhuma divulgação, parceria ou financiamento do DaBaby”, escreveu Pavni Guharoy, consultor de comunicação do Black AIDS Institute“A responsabilidade agora recai sobre ele, se ele decidir converter sua desinformação em ajuda como aliado, apoiando o trabalho do Black AIDS Institute e outras pessoas de organizações de HIV de cor, estaremos aqui”, completou.

Venita Ray, co-diretora executiva da PWN, também confirmou que DaBaby não procurou mais a organização desde a primeira e última reunião. “Sentimos que a reunião original foi muito positiva e, embora não tenhamos feito parceria com a DaBaby em quaisquer atividades além disso, agradecemos as oportunidades de falar com ele ou fazer parceria com ele no futuro“, disse Venita.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!