Travesti é assassinada com golpe de faca em São Luís; polícia inicia investigação para prender suspeito

Uma travesti identificada como Lara Viny foi assassinada com um golpe de faca no último sábado (18/12) em São Luís. De acordo com a polícia, ela foi morta nas proximidades da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), na área Itaqui-Bacanga, capital. Lara foi encontrada seminua e com marcas de ferimento na região do pescoço. Com informações do G1.

Conforme informações da polícia, antes de ser morta, Lara foi vista discutindo com um homem que teria fugido em uma motocicleta após o homicídio da travesti. A polícia já iniciou a investigação para tentar identificar e prender o suspeito do assassinato.

Vale ressaltar que em 2020, segundo dados da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), o Maranhão registrou 12 assassinatos e apenas cinco denúncias contra pessoas LGBTQIA+. Do total de registros, dez deles foram solucionados, com a prisão dos acusados. Já nos primeiros cinco meses de 2021, um assassinato e três ocorrências de discriminação foram registradas contra LGBTs, sendo duas delas com abordagens policiais.

Os canais para denunciar crimes contra a população LGBTQIA+ são os plantões centrais da Polícia Militar, a Ouvidoria de Direitos Humanos, Igualdade Racial e Juventude – (98) 9104-4558 – e o Disque 100. Além da Delegacia de Crimes de Intolerância.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!