BBB22: Vyni chora ao falar sobre homofobia e é consolado pelos brothers: “Já ouvi que não valia nada”

Na tarde desta terça-feira (18/01), o brother Vyni se emocionou ao relembrar episódios de homofobia pelos quais passou, inclusive, dentro da igreja que frequentava. Em conversa com outros participantes, o bacharel em direito chorou e foi consolado pelos colegas de confinamento.

A pessoa é meio que forçada a viver se escondendo, com medo de ser quem é. Já ouvi muita coisa pesada nesse sentido, que não valia nada, que não era ninguém e que nunca ia chegar lá. Graças a Deus, minha família sempre me deu apoio em tudo, mas machuca ouvir esse tipo de coisa e acaba que a confiança vai lá para baixo”, disse Vyni, bastante emocionado.

Comovido com o relato, Rodrigo Mussi tentou animar o colega e o encheu de elogios. “Você é muita coisa que não acredita que é. Você tem que acreditar no que você é. Escuta o que eu tô te falando, você é o cara. Você é um cara iluminado. Sabe o que é mais gostoso? É que essas pessoas vão te aplaudir“, disse o brother.

Uma coisa que vou te falar: os processos mais difíceis são grandes propósitos. O seu propósito é gigante e seu processo deve ter sido muito difícil, nem sei o tamanho que foi. Se vista assim! A roupa é de um cara de autoestima e é assim que tem que fazer“, continuou Rodrigo. “Você não é oferecido, não é puxa saco, não é chato“.

Confira

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!