Eduardo Leite renuncia ao governo do Rio Grande do Sul

Em evento realizado na tarde desta segunda-feira (28/03), Eduardo Leite anunciou a renúncia ao cargo de governador do Rio Grande do Sul e confirmou que irá continuar filiado ao PSDB. O comunicado foi feito em vídeo apresentado antes da entrevista coletiva convocada para o Palácio Piratini.

Com a decisão, Leite recusou o convite do presidente do PSD, Gilberto Kassab, que já havia deixado clara a intenção de filiá-lo ao partido e lançá-lo como pré-candidato ao Palácio do Planalto. Deixando aberta a possibilidade de concorrer à Presidência da República, Leite confirmou que deixará o cargo de governador por atender ao que a lei eleitoral obriga. “Vou renunciar ao poder, mas não renunciar à política (…) É o dia do fico no meu partido (PSDB)“, disse. Leite ainda afirmou que deseja ser candidato à Presidência, mas que, para isso, depende de um projeto coletivo. “Eu me sinto preparado, me sinto em condições, tenho vontade, tenho disposição de ser, sim, presidente. Mas ninguém é candidato pela mera vontade pessoal. Uma candidatura à presidência é um projeto que tem de ser construindo coletivamente e eu estarei me apresentando, se entenderem que nesta função eu deva colaborar“, explicou.

Apesar de ter sido derrotado nas prévias do PSDB à Presidência da República, o governador segue cotado para disputar o cargo. Na última pesquisa Datafolha, divulgada na quinta-feira (23/03), Eduardo Leite aparece com 1% das intenções de voto no cenário sem o governador de São Paulo, João Doria. “A renúncia me abre muitas possibilidades e não me retira nenhuma”, disse o tucano.

O vice, Ranolfo Vieira Júnior (PSDB), deverá assumir o posto na próxima quinta-feira (31/03). “Tenho absoluta confiança na condução do Ranolfo. O histórico dele, o currículo dele e a trajetória dele atestam isso e me dão total certeza e convicção de que Ranolfo está por dentro de cada um dos assuntos”, afirmou Leite.

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!