Apoiador de Donald Trump, ator pornô gay é preso por invasão ao Capitólio dos EUA em janeiro

O ator de filmes adultos Sergeant Miles, cujo nome real é Steven Miles, nunca fez questão de esconder o seu apoio ardente a Donald Trump, mas agora ele mostrou o quão longe estava disposto a ir. Na terça-feira (11/04), Miles foi preso por seu papel violento na invasão ao Capitólio dos EUA, no dia 6 de janeiro.

Miles, de 39 anos, que atua em cenas gays e heterossexuais, é acusado de agredir policiais e quebrar uma janela do prédio do Capitólio enquanto manifestantes tentavam impedir a certificação da eleição presidencial de 2020. Ele foi preso e acusado de agredir, resistir ou impedir oficiais, desordem civil, envolvimento em violência física em um prédio ou terreno restrito com uma arma perigosa e outros crimes relacionados, de acordo com o Departamento de Justiça.

Imagens de câmeras de seguranças incluídas na queixa mostram Miles usando um chapéu Make America Great Again (MAGA), usados pelos apoiadores de Trump, e dando socos em policiais. O ator pornô também pode ser visto quebrando uma janela e entrando no prédio.

Desde a insurreição de 6 de janeiro, quase 800 pessoas em todo os EUA foram presas, segundo o Departamento de Justiça dos Estados Unidos. Mais de 250 foram acusados ​​de agressão ou aplicação iminente da lei.

Confira as imagens incluídas na denúncia

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!