Polícia Civil investiga agressão de vizinho a casal gay em Ceilândia, no Distrito Federal

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investiga a agressão de um homem contra um casal gay, por volta das 18h dessa terça-feira (31/05), em Ceilândia. Segundo o casal, o agressor é vizinho deles. De acordo com o relato de uma das vítimas à PCDF, o homem teria xingado de “viado“, desferido um soco em seu nariz e atirado diversos objetos em sua direção.

O casal e o vizinho, que mudou para o local há um mês, moram de aluguel e dividem o mesmo lote. Uma das vítimas estava em casa, quando o agressor chegou com sinais de embriaguez e começou a ofendê-lo. “Eu estava no trabalho e meu esposo me ligou chorando. Depois que eu cheguei, ele [o vizinho] começou a, de início, passar pela porta da minha casa, ofendendo a gente. Ele dizia: ‘Seus viados, esses viados. Você se acha homem‘”, conta Leonardo Fernandes, em conversa com o G1.

Ele afirma que esposa do vizinho tentou apartar a briga, mas acabou sendo agredida pelo marido com um tapa na cara. Leonardo disse que tentou defender a mulher e foi atingido por um soco. “No momento da agressão, ele começou a bater no meu esposo, começou a me agredir fisicamente, além de verbalmente. Ele me xingava no momento em que me batia. Meu esposo está todo machucado por conta disso“, lamenta ele.

Leonardo ficou com um machucado no rosto e o marido dele, Jossiel, tem ferimentos na perna, no pulso e no peito. Os vizinhos chamaram a Polícia Militar, que separou a briga e orientou que o casal voltasse para a casa. “A gente se sente muito inseguro. Eu sinto muito medo até de sair e deixar minha casa só“, explica Leonardo. Agora, os dois planejam se mudar por medo de que algo mais grave aconteça. 

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!