2 a cada 10 brasileiros acreditam que homossexualidade é doença, diz pesquisa

Uma pesquisa do Instituto Locomotiva para a IO Diversidade apontou que 2 a cada 10 brasileiros ainda acreditam que a homossexualidade é uma doença. O levantamento aconteceu entre maio e junho deste ano, online, com 1574 participantes de todo o Brasil e as informações são da Rádio CNN.

À CNN, a diretora-executiva da IO Diversidade Rachel Rua destacou ainda que, dentre o grupo que acredita que a orientação sexual é doença, 4 em 10 respondentes acham que ela pode ser “curada” e destaca que que o comportamento sexual humano é mais amplo do que a heterossexualidade, que é o modelo hegemônico e mais aceito pela sociedade.

Segundo ela, tudo o que foge da ideia de “natural”, a sociedade classifica como desvio: “Isso não é verdade, a homossexualidade é um comportamento tão natural quanto a heterossexualidade, não é uma escolha.” O estudo aponta ainda que 45% dos entrevistados não sabem o que é uma pessoa transgênero.

“O preconceito se expressa também pelo desconhecimento, que pode ser apenas ignorância sobre o tema ou resistência de conhecer o outro”, disse Rachel. Sete em cada dez participantes da pesquisa também disseram acreditar que é mais difícil para as pessoas LGBTQIA+ se inserirem no mercado de trabalho e 90% dos entrevistados afirmaram que as pessoas LGBTQIA+ sofrem violência e preconceito no Brasil.

“40% afirmam que não aceitariam filho que mudasse de gênero, que se reconhecesse trans ou não-binária, é um tabu, é preciso de informação e políticas públicas para reverter este quadro”, completou, revelando a pesquisa que os brasileiros ainda não dialogam sobre sexualidade de forma ampla.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Bee 40tona

Você vai curtir!