Ator coreano indicado ao Emmy diz que participou de orgia com mais de 200 “homens sendo macetados”

O ator e roteirista aindicado ao Emmy 2023, Joel Kim Booster, de 35 anos, revelou ter participado de uma orgia com mais de 200 homenns na Fire Island, uma ilha na costa sul de Long Island, em Nova Yor, conhecida por suas festas voltadas ao público LGBTQIA+.

“Já participei de uma orgia de mais de 200 pessoas na ilha. Não há nada como ver um bando de homens sendo ‘macetados’ enquanto o sol está nascendo sobre o oceano“, revelou o coreano em entrevista ao podcast Finding Fire Island.A quantidade de sexo e atos sexuais que vi naquela ilha em público, na frente de uma plateia, é meio selvagem. Não sei o que há em Fire Island que desbloqueia um pouco as inibições das pessoas”, acrescentou Booster.

O ator é indicado ao Emmy 2023 pelo roteiro do filme para TV “Fire Island: Orgulho e Paixão” (2022), que é ambientado justamente em Fire Island, ilha onde viveu essa aventura sexual. Booster, no entanto, não detalhou se a orgia aconteceu antes, durante ou depois das gravações. Que babado!

Para quem não sabe, “Fire Island: Orgulho e Paixão” conta a história de um grupo de amigos homossexuais que decidem curtir uns dias de verão na famosa ilha LGBT, mas as coisas se complicam quando algumas situações envolvendo classicismo e romance acontecem.

Confira o trailer

VEJA + NO PHEENO TV

Felipe Sousa

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Você vai curtir!