Lutador cria projeto com categorias para lutadores trans de MMA

O empresário carioca e lutador de MMA, Cris Macfer, decidiu propor uma alternativa inédita e pioneira no mundo das lutas. O tricampeão mundial de hapkidô usou o próprio trabalho de conclusão de curso (TCC) de Educação Física para criar uma nova categoria na modalidade: a categoria T. Segundo informações do GE, a nova categorização proposta por Cris classifica os lutadores de acordo com o tempo em terapia hormonal cruzada.

Essa é uma proposta de inovação no esporte profissional com o propósito de criar um espaço onde atletas transsexuais possam competir sem o julgamento das pessoas sobre potenciais “vantagens” genéticas, muito discutida e problemática no desporto inclusive por atletas cis. As categorias de peso são as mesmas do MMA e o evento deve trabalhar com autodeclaração quanto ao tempo em terapia hormonal cruzada. As categorias T são as seguintes:

PRÉ T – pessoas que não fazem terapia hormonal cruzada
T1 – até 1 ano em terapia
T2 – entre 1 e 3 anos em terapia
T3 – entre 3 e 5 anos em terapia
T4 – acima de 5 anos em terapia

Em novembro de 2023, o Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COP) de São Paulo recebeu o evento inaugural com as novas categorias T criadas por Cris. O Transfighter teve cinco lutas, sendo três de kickboxing e duas de MMA. Cris realizou sua última luta na categoria feminina em 2021 antes de inicia sua terapia de hormônios.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Bee 40tona

Você vai curtir!