Ex-gospel, Ella processa Instagram após perder 2ª conta na rede social e aponta transfobia

A cantora pop Ella, antigamente conhecida como a estrela gospel Jotta A, teve sua conta no Instagram desativada pela segunda vez após receber inúmeros ataques de ódio daqueles que chama de “conservadores religiosos” e está há quase um mês fora da rede social. O perfil da cantora saiu do ar após sofrer denúncias e ataques de ódio. Ela, então, decidiu processar a Meta e aponta transfobia.

Ella teve a conta @aellaoficial, onde possuía quase um milhão de seguidores, removida pela primeira vez em novembro. Na ocasião, a equipe dela informou que a artista havia possivelmente sofrido “um boicote de supostos religiosos fundamentalistas que se organizavam para denunciar a rede social”. O suposto boicote veio à tona após a cantora receber prints de grupos do WhatsApp em que os participantes comentaram que denunciariam o perfil dela.

Já a conta mais recente foi desabilitada permanentemente no dia 24 de janeiro, com a justificativa que o perfil “não seguia a diretrizes da comunidade”. “Estou entrando com um novo processo. Estou exausta. No meu Instagram que eu perdi, eu entrei em contato com todo mundo que eu pudesse. Até gente do Meta”, disse Ella no X (antigo Twitter), se referindo à empresa responsável pelo Instagram.

“Aproveitando para falar mal. A plataforma mais sexista que existe, onde homens podem mostrar a sunga colada, os peitos de fora e a mulher tem que tapar o bico do peito. Sem contar que é a rainha da LGBTfobia né, amor. Que dificilmente atende uma denúncia”, desabafou a cantora.

VEJA + NO PHEENO TV

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Felipe Sousa

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Você vai curtir!