LUTO: Morre a última divina diva Camille K aos 78 anos

Na madrugada de hoje, 12, partiu a carioca Camille K, atriz brasileira da época de ouro dos palcos. Camille começou a atender por esse nome na década de 60 quando se descobriu uma mulher trans. Além de atriz, também foi uma grande cabeleireira e empresária. A atriz era a última “Divina Diva” ainda presente entre nós, e foi lembrada por diversas personalidades nas redes por suas apresentações marcantes.

“E em meio a alegria do carnaval que recebo a triste notícia da partida desta grande artista e excelente comediante Camille K ! Tive o prazer de compartilhar camarim com ela no DIVINAS DIVAS ,e também de aplaudi-la inúmeras vezes com seus números de plateia sempre maravilhosos. Era um exemplo de elegância não só no modo de se vestir mas principalmente no seu comportamento, como uma verdadeira dama da sociedade! Deus a tenha em bom lugar”, disse a amiga Regine de Mônaco.

Nos anos 80 trabalhou com estrelas como Elba Ramalho e Emílio Santiago no mesmo teatro e em 1985 brilhou em “As Panteras do Posto 6” no Teatro Alaska em Copacabana. No mesmo ano passa a integrar o elenco do show “Os Leopardos”. Já nos anos 90, foi convidada por Miguel Falabella a participar da peça “O Coração do Brasil”, e novamente, desta vez um papel mais expressivo, na peça “A Pequena Mártir de Cristo Rei”, onde dava vida a Martir Gilda, uma transexual.

Em 2004 foi convidada por Jane Di Castro, a participar do Show Divinas Divas ao lado de Rogéria, Valéria, Marquesa, Brigitte de Búzios, Fugika de Holiday e Eloyna dos Leopardos. Nadécada seguinte, Leandra Leal (atriz e produtora) registra seus 50 anos de carreira no documentário Divinas Divas que estreou nos cinemas em 2016. Camille K será cremada nesta tarde no Rio de Janeiro.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!

Bee 40tona

Você vai curtir!