Dados do IBGE foram divulgados nesta quarta (27) e demonstraram um total de 970 mil casamentos, sem contar uniões estáveis

Casamentos LGBT crescem mais que héteros e batem recorde de 11 mil registros em 2022

Com um crescimento de 20% em 2022 na comparação ao ano anterior, de 2021, o número de casamentos entre pessoas do mesmo sexo teve um aumento exponencial no Brasil. Dados do Registro Civil, divulgados pelo IBGE, registraram um aumento de 5 vezes o crescimento entre pessoas do sexo oposto (4%).

O levantamento considera apenas os casamentos no civil registrados em cartório, não contando as uniões estáveis. Os números apontam 11 mil casamentos homoafetivos em 2022, maior valor desde 2013, quando o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) garantiu o direito à comunidade LGBTQIAP+.

A maior alta registrada foi na região Norte, com 32,8%, seguido do Sudeste, com 23,9%, e Sul, 15,5%. Além disso, as uniões representam 1,1% do total de casamentos registrados em 2022.

O número total de casamentos subiu 4% no país, de 932.502 para 970.041, ainda abaixo da média anual registrada antes da pandemia, de 1 milhão entre os anos de 2015 e 2019, e que vinha em queda até 2020. Em contrapartida, os divórcios também apresentaram um aumento no último ano, com 8,6% em relação ao total contabilizado em 2021 (387 mil).

Arthur Aguiar

Você vai curtir!