Julian Erosa, “estrela” do Ultimate Fighting Championship, se dirigiu a Lia como “cara” e disse que quer vencer a atleta

Lutador do UFC lança discurso transfóbico contra a nadadora trans Lia Thomas: “Esse cara é um idiota”

No último sábado (23), Julian Erosa, “estrela” do Fighting Championship, proferiu um discurso transfóbico contra a nadadora trans Lia Thomas. O lutador disse que Lia é idiota e que queria encorajá-la a fazer a transição para o MMA feminino para vencê-la, argumentando que ele também faria a transição para se tornar uma mulher.

“Eu queria chamar a atenção de Lia Thomas”, disse ele, definindo-a corretamente antes de acrescentar imediatamente: “Eu queria encorajá-la, encorajá-lo, a fazer a transição da natação feminina para o MMA feminino, então farei a transição para me tornar uma mulher e vencer esse cara é um idiota”, disse.

E não parou por aí, porque ele criticou Fallon Fox, ex-lutadora trans de MMA. “Simplesmente não concordo com os homens nos esportes femininos”, disse Erosa. “A coisa toda do Fallon Fox… caras brigando no MMA feminino e nocauteando, é feio”.

O atleta ainda atacou a vitória sobre o brasileiro Ricardo Ramos: “Não gosto de trapaceiros”, completou. Vale ressaltar que Julian finalizou o atleta brasileiro conhecido como ‘Carcacinha’ no primeiro round.

Arthur Aguiar

Você vai curtir!