Mulher que agrediu casal gay em padaria de SP é presa em flagrante após atropelar homem

Jaqueline Santos Ludovico, mulher que agrediu um casal homossexual em uma padaria em Santa Cecília, no centro de São Paulo, foi presa em flagrante por causar lesões corporais após atropelar um homem na madrugada de sexta-feira (14/06) na Barra Funda. Com informações do G1.

Câmeras de segurança capturaram o momento em que Jaqueline passava em alta velocidade com seu carro, um Honda HRV, e atingiu a vítima, que estava na faixa de pedestres. Após o incidente, ela acabou fugindo do local. A polícia confirmou que ela estava visivelmente embriagada.

Os policiais que atenderam à ocorrência realizaram buscas na área para encontrar Jaqueline. Mais tarde, ela retornou ao local do crime acompanhada pela irmã, momento em que foi presa em flagrante por lesão corporal culposa ao dirigir um veículo, fugir do local do acidente e dirigir sob efeito de álcool. Segundo o boletim de ocorrência, a vítima foi levada ao Hospital São Camilo de Santana para observação médica. Jaqueline compareceu à audiência de custódia e teve sua prisão preventiva convertida em prisão domiciliar.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP) relatou que “policiais militares responderam à ocorrência e, no endereço indicado, constataram que a mulher atingiu a vítima enquanto conduzia um Honda HR-V vermelho. Ela deixou o local do acidente e retornou posteriormente sem o veículo, apresentando contradições em seu relato e sinais de embriaguez. Foi encaminhada ao 91º DP (Ceasa), onde o caso foi registrado como lesão corporal culposa causada por direção de veículo, fuga do local do acidente e embriaguez ao volante.”

Felipe Sousa

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!

Você vai curtir!