Jovem viraliza com texto pedindo justiça contra morte de amigo gay

valentina_sampaio_-_paulo_vainer-1

Um comissário de bordo, de 32 anos, foi encontrado brutalmente assassinado nas imediações dos clubes de Remo, próximo a Ponte Colombo Salles, em Florianópolis. Alexandre João Batista Santiago estava sem roupa e com as mãos amarradas, além de perfurações no corpo e com crânio quebrado. A Polícia suspeita de crime de homofobia.

Inconformado com o ocorrido, o melhor amigo de Alexandre, Gustavo Santi usou o poder das redes sociais para chamar a atenção para este caso e para diversos outros que sempre vem acontecendo no Brasil. Na publicação, feita no em seu blog, ele mostra o despreparo da Polícia Militar para lidar com casos contra a comunidade LGBT, como o que aconteceu com ele, em 2012, em São Paulo.

ale-justica

“A morte do meu amigo neste último final de semana me fez refletir muito. A sensação de insegurança voltou com tudo, como uma paranoia sobre tudo e todos que sabem sobre a minha condição sexual. Me fez repensar sobre o que quero para pessoas como nós, para jovens e crianças que estão vindo e para o futuro do Brasil e do mundo”, conta Gustavo em determinado momento da publicação, acompanhada de fotos de Alexandre, pedindo por justiça. Para conferir o post completo, clique AQUI.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!