Aguinaldo Silva rebate críticas sobre personagens gays em novelas

aguinaldo-silva-vilão-gay-pheeno-capa

Aguinaldo Silva rebateu críticas de um dos personagens de sua próxima novela, “O Sétimo Guardião” com estreia marcada para o dia 23 de março de 2018. “É o auxiliar da vilã (Lilia Cabral), um perfumista que fabrica essências. E ele é um gay do mal. Isso provoca polêmica”, disse o autor, segundo o jornal Extra.

O escritor acredita que, ao serem vistos como vilões nos folhetins, os homossexuais se incomodam. “Não gostam de ser tratados de forma preconceituosa, mas o são. Acham que todo gay tem que ser do bem, e não é assim. Antes do gênero, são pessoas, que podem ser boas, más… Tem que romper com essas coisas”.

Em sua nova história, Aguinaldo conta que vai tratar novamente de vingança. “Eu quero falar de como a decisão de se vingar acaba por não se concretizar como a pessoa imagina e se volta contra ela própria”, filosofa o autor.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!