Mulher trans usa vestido com bandeiras de 72 países onde ser gay é crime

Valentijn de Hingh, modelo transexual holandesa de 26 anos, mandou um recado impactante nesta semana para o mundo todo: ser gay é crime em 72 países, sendo que em diversos deles isso pode levar a prisão ou pena de morte. O clique é do fotógrafo Pieter Henke e o vestido é do estilista Mattijs van Bergen feito com as bandeiras destes países.

Na legenda da foto, postada em seu Instagram, ela disse que “Todo país que mudar sua legislação, vai ter a sua bandeira substituída por uma bandeira do arco-íris. Vamos esperar que este vestido, mais cedo ou mais tarde, seja feito apenas por uma colcha de retalhos bem colorida”. O registro foi feito durante o EuroPride, que promove a visibilidade da comunidade LGBT desde 1992, no Museu Rijksmuseum, em Amesterdão. Nesta edição de 2016, Valentijn se tornou a primeira embaixadora transgênero do evento.

trans-768x511

O Pheeno.com.br é um portal de notícias, estilo de vida e entretenimento LGBT do Rio de Janeiro, antenado também em tudo que acontece de importante para o segmento no Brasil e no mundo!