Pesquisa afirma que 20% das empresas que atuam no Brasil não contratam funcionários LGBT

gay-trabalho-homossexual-mercado-de-trabalho-1444760912556_500x500

Acredite se quiser, mas segundo um levantamento da empresa de recrutamento e seleção Elancers, quase 20% das companhias brasileiras não contratam profissionais LGBTs! Para chegar nesse resultado, a empresa entrevistou 10 mil empregadores.

Dentro desse número, 7% das empresas não contratariam um gay “de modo algum”, enquanto 11% só considerariam a contratação se o candidato jamais pudesse chegar a um cargo de visibilidade. Neste último, a rejeição em ter funcionários gays é por conta da “associação de imagem que poderia ser negativa para a companhia”.

Alexandre Nunes, Diretor da Elancers, avalia que os contratantes brasileiros são “bastante conservadores”. “Preferem sempre os candidatos dentro do padrão ‘politicamente correto’, seja na forma de se vestir, de falar e até a opção sexual”, afirma. A pesquisa ainda revelou que gays fora do armário só são bem-aceitos em companhias áreas, moda ou design de interiores.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!