Atenção! Depilar ou aparar os pelos pubianos aumenta em 440% o risco de DSTs

depilar_aumenta_risco_dst

Se você tem hábito de aparar ou raspar a área genital, fique atento! Foi descoberto, através de estudo publicado na revista “Sexually Transmitted Infections”, que remover os pelos pubianos totalmente pode aumentar em até 440% o risco de contração de doenças sexualmente transmissíveis, principalmente herpes, HPV, clamídia e sífilis.

“A depilação pode causar microlesões epidérmicas, o que aumenta o risco de infecções”, conta o médico Benjamin Breyer, responsável pelo estudo. Quem apenas apara a região também corre risco 80% maior de quem não depila. Ou seja, quanto mais frequente ou mais intensa é a depilação, maior a possibilidade de contrair uma DST. Os pesquisadores afirmam que os médicos devem recomendar aos usuários da prática a reduzir ligeiramente os hábitos de depilação ou adiar o sexo até que a pele tinha curado completamente.

Conduzida pela Universidade da Califórnia em São Francisco, foram entrevistados 7.500 adultos entre 18 e 65 anos nos Estados Unidos. A pequisa identificou que 13% de quem afirmou ter o hábito de aparar ou depilar a região já havia contraído ao menos uma DST.

O Pheeno.com.br é um portal de notícias, estilo de vida e entretenimento LGBT do Rio de Janeiro, antenado também em tudo que acontece de importante para o segmento no Brasil e no mundo!