LGBTs são mais propensos a ter nudes vazadas na web do que héteros

37f6286400000578-0-image-a-44_1473154544425

Os gays estão oito vezes mais propensos a ter sex tapes vazadas na internet do que os heterossexuais! É o que afirma um estudo realizado pelo Centro de Pesquisa em Saúde Pública Inovadora. Segundo os pesquisadores, o “pornô de vingança”” vem crescendo cada vez mais!

O estudo mostrou que 17% dos internautas LGBTs foram ameaçados ou foram vítimas de pornô de vingança, contra 2% dos usuários héteros. Para Amanda Lenhart, pesquisadora da Dados & Society Research Institute, “pornografia não consensual pode ter um impacto devastador e duradouro sobre as vítimas”.

“Nossos resultados mostram que determinados grupos como lésbicas, homossexuais e bissexuais, não são apenas muito mais propensos a ser vítimas de pornografia não consensual, mas também são mais propensos a experimentar uma variedade de assédio e abuso online”, reforça a pesquisadora. “Isso inclui outros tipos de violações de privacidade, como ter sua atividade on-line ou telefone monitorado, ou ter suas senhas roubadas e ser coagido por outros.”

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 25 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!