Britânico é preso por indecência após encostar em homem em bar de Dubai

Após encostar em outro homem em um bar, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, para evitar que derramasse bebida nele, o turista britânico Jamie Harron, de 27 anos, foi detido e pode pegar uma sentença de três anos na cadeia. Ele apenas colocou a mão no quadril de outro cliente, segundo seus advogados, e foi preso por beber álcool e indecência pública.

Enquanto segurava uma bebida, o eletricista, de férias, se dirigia a um bar lotado, com a mão à frente para não derrubar o conteúdo do copo em si mesmo e em outras pessoas, quando “encostou no quadril de um homem para evitar o impacto”, de acordo com a organização sem fins lucrativos “Detained in Dubai”.

Segundo o jornal “The Guardian”, os representantes de Harron alegam que foi somente após ele e seu amigo terem voltado para uma mesa que o outro cliente demonstrou estar insatisfeito com a situação. “Eu falei com o Jamie, que está sob uma enorme pressão e estresse”, afirmou Radha Stirling, diretora executiva da organização.

De acordo com a organização, que assiste vítimas de injustiça no país, o turista ficou cinco dias na prisão Al Barsha, teve seu passaporte confiscado e foi liberado após pagar fiança. No entanto, permanece em Dubai há três meses. Morador de Stirling, na Escócia, Jamie acabou perdendo o emprego e já gastou mais de de 30 mil libras (R$ 123,9 mil) em despesas com taxas legais.

“É muito ultrajante que ele tenha sido mantido no país por tanto tempo. Este é mais um exemplo do quão vulneráveis são os turistas à prisão e detenção em Dubai e o quanto os procedimentos legais são prolongados e desorganizados”, disse Stirling.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!