Paulo Gustavo se oferece para apresentar “Drag Race”, mas perde para Pabllo Vittar

Os fãs podem começar a comemorar. Tem tudo para sair do papel a versão brasileira do reality “RuPaul’s Drag Race”, exibido no Multishow e que já revelou drag queens famosas no mundo todo. No ano passado, a Endemol Shine adquiriu os direitos para o formato no Brasil e, agora, a Netflix se mostrou interessada com a possibilidade de produzi-lo.

Mas, pela frente, um desafio: encontrar um apresentador que esteja à altura da famosa drag queen americana, Ru Paul, uma das pioneiras da cultura drag. Assim que soube que o programa seria produzido por aqui, Paulo Gustavo se ofereceu para ocupar o posto. Oferta negada.

O ator não teria o perfil que buscam para apresentar o reality no Brasil. O desejo dos produtores é mesmo Pabllo Vittar. Só seria preciso conciliar a disputada agenda da cantora com as gravações.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!