Gay e solteiro, homem realiza sonho de ser pai e adota 4 crianças deficientes

O mundo está precisando de mais pessoas como Benjamin Carpenter, um pai solteiro de 33 anos que está emocionando os internautas. Gay, ele adotou 4 crianças que possuem algum tipo de deficiência, dando um exemplo de solidariedade.

Benjamin revela que ser pai é um desejo antigo. “Crescer em uma família religiosa sempre me fez ter uma predisposição a cuidar. A adoção era algo que estava em minha mente, já que ter filhos biológicos nunca foi prioridade para mim”, disse ele ao Unilad, ganhando o título de “Super Pai” no Reino Unido.

Há dez anos, ele adotou o primeiro de seus filhos, Jack, que tem autismo e também sofre de Transtorno Obsessivo Compulsivo. Logo após, vieram outras três crianças: Ruby, de 6 anos, e que tem dificuldade de locomoção, Lilly, de 5, que é surda (e possibilitou ao pai e toda família a aprenderem linguagem de sinais!) e também Joseph, que possui síndrome de down.

Ele segue dizendo que o mundo está mudando e que considera adotar o quinto filho. “Para mim, todos os meus filhos me trazem a alegria absoluta! Eu acordo de manhã e penso como seria minha vida sem crianças? Eu sei que estaria vazio, com certeza”.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!