Pastor gay lança candidatura inédita no Paraná: “Não quero ver ninguém passar pelo que eu passei”

Aos 30 anos de idade, o pastor evangélico Cristoffer Zilotti, que é gay assumido, passou a integrar a lista de candidatos LGBTs e anunciou que será candidato ao cargo de deputado estadual nas eleições deste ano no Paraná.

“A gente vê muitas vezes a bancada tradicionalista evangélica falando que está para lutar para o povo, mas nós não vemos pautas de segurança. Vemos LGBTs sendo mortos todos os dias, a todo o momento. Trans assassinadas. Nós queremos trabalhar a igualdade”, afirmou o deputado, filiado ao PSB-PR (Partido Socialista Brasileiro). Com isso, Cristoffer será o primeiro “pastor gay” a lançar uma candidatura no país.

Vítima de preconceito, ele garante que sua candidatura é para sair em defesa dos LGBTs. “Eu sofri muito e não quero ver ninguém passar pelo que eu passei”, conta o deputado. Cristoffer é formado em Teologia, Comércio Exterior e atualmente estuda Psicologia. Ele é fundador da ‘primeira Igreja da Teologia Inclusiva de Curitiba’, a Comunidade Cristã Abraça-me. O pastor tem causado polêmica por aliar o discurso evangélico ao ativismo gay, defendendo que a Bíblia não condena o amor e que Deus não se importa com gênero e sexualidade.

Felipe é redator do Pheeno! Focado em explorar cada vez mais a comunicação em tempos de redes sociais, o carioca de 22 anos divide seu tempo entre o trabalho e a faculdade de jornalismo, sempre deixando espaço para o melhor da noite carioca!